A importância da madeira tratada

A importância da madeira tratada
dezembro 28 11:27 2010 Imprimir Este artigo

Prolongar a vida útil da madeira por meio de técnicas de tratamento significa reduzir a necessidade de cortar novas árvores. Segundo Flavio C. Geraldo, diretor da Associação Brasileira de Preservadores de Madeira (ABPM), nossas florestas sempre foram solicitadas a suprir crescentes demandas pela indústria da transformação em resposta às necessidades da população.

Na construção, na indústria moveleira ou de embalagens, na obtenção de matéria prima para a fabricação de papel, na produção de carvão e para inúmeras outras finalidades, as árvores sempre estão presentes como fonte de matéria-prima.

“A madeira é vital como recurso natural renovável para as gerações futuras, o que nos leva a concluir que as florestas existentes têm de ser adequadamente manejadas. Afinal, existem poucos substitutos para a madeira, talvez o mais versátil dos materiais de engenharia existente, além de econômico, disponível, resistente e de fácil trabalhabilidade”, comenta Geraldo.

Para ele, uma das maneiras mais eficazes de contribuir com a conservação de nossas florestas é a colheita racional, e a certeza da durabilidade da madeira quando em uso. Prolongar a vida útil da madeira em serviço através da adoção de técnicas adequadas de tratamento significa reduzir a necessidade de cortar novas árvores, sejam de florestas nativas ou cultivadas.

“Madeira tratada ajuda a conservar nossas florestas, pela simples redução da demanda, uma vez que assegura maior durabilidade em situações, a qual pode ocorrer à deterioração, em especial por fungos ou insetos, como cupins e brocas”, recomenda o diretor da associação.

Hoje, a madeira tratada é utilizada como peças estruturais das mais variadas pela engenharia civil, como colunas ou vigas de sustentação, postes para estruturas de distribuição e transmissão de energia elétrica, dormentes ferroviários, peças destinadas ao paisagismo, equipamentos urbanos, mourões para cercas e peças para construções diversas.

Parece ter chegado o momento de praticarmos as regras do valor agregado, afinal, só no setor da construção estima-se que dos 22,0 milhões de m³ de madeira serrada, obtidos das florestas nativas brasileiras, ao redor de 4,6 milhões de m³ vão para a construção civil. “Sem entrarmos no mérito do desperdício na obra, velocidade na montagem de sistemas, economia em especial, a conservação dos nossos recursos naturais nativos, é mais do que o momento de fortalecer o conceito das estruturas industrializadas, confeccionadas com madeiras tratadas obtidas de florestas plantadas.”

A ABPM está em curso com um programa de qualificação de produtores de madeira tratada, envolvendo a concessão de uso de um selo de qualificação, objetivando indicar aos mercados consumidores de madeira as fontes confiáveis de suprimento.

veja mais artigos

Sobre o Autor

Redação Reforma Fácil
Redação Reforma Fácil

Apresentar tudo que possa facilitar a vida de quem vai reformar, construir ou decorar, ajudando a tornar a empreitada bem sucedida com um grande volume de informações de projetos, produtos, serviços e obras.

Ver Mais Artigos
Escrever um comentário...

Nenhum Comentário

Seja o primeiro a comentar. Vamos adorar!

Você pode ser o primeiro a escrever um comentário .

Adicionar um comentário

Seus dados estarão seguro! O seu endereço de email não será publicado. Outros dados também não serão compartilhados com terceiros.
Todos os campos são obrigatórios.