A importância da reciclagem do vidro

A importância da reciclagem do vidro
julho 15 12:00 2011 Imprimir Este artigo

Você sabia que, por ano, o Brasil produz aproximadamente 800 mil toneladas de embalagens de vidro e 27,6% (220,8 mil toneladas) desse total correspondem às embalagens de vidro recicladas?

Desse montante, 5% são gerados por engarrafadores de bebidas, 10% por sucateiros, 0,6% oriundo de coletas promovidas pelas vidrarias e 12% provém de refugos de vidro gerados nas fábricas. Dos outros 72,4%, parte é descartada, parte é reutilizada domesticamente e parte é retornável.

O vidro reciclado tem praticamente todas as características do vidro comum, podendo passar pelo processo de reciclagem várias vezes, sem perder suas características e qualidades. Estima-se que mais de 40% das embalagens de vidro produzidas no Brasil são de material reciclado e a expectativa é que este número aumente.

Segundo Luís Fernando Schmidt, gerente administrativo da Vidronovo, a reciclagem do vidro é de extrema importância para o meio ambiente, uma vez que ele é produzido a partir da celulose de determinados tipos de árvores e o principal destino de descarte são os aterros sanitários ou mesmo a própria natureza. “Como o vidro é uma matéria prima de longa vida, ele deve ser reciclado para evitar a contaminação do ambiente, preservando assim os recursos naturais (solo e água) e contribuindo para o desenvolvimento sustentável”, afirma Schmidt.

Ele explica que na Vidronovo, todos os retalhos do processo de transformação são encaminhados ao coletor de resíduo destinado especificamente para esta finalidade. “O vidro reciclado retorna ao processo de fabricação de “massa” de vidro para chapas brutas ou até mesmo em produtos de vidro para outros fins. O pó de vidro também é reaproveitado na fabricação de tintas refletivas e também na indústria cerâmica, como acabamento de revestimentos”, conta Schmidt.

Ainda de acordo com Schmidt, o processo de reciclagem do vidro é 100% eficaz, uma vez que um quilo de vidro quebrado dá origem a exatamente um quilo de vidro novo. Além disso, esse processo resulta em economia de energia e redução no consumo de água, já que para cada 10% de caco de vidro na mistura economiza-se 4% da energia necessária para a fusão nos fornos industriais, além da redução de 9,5% no consumo de água.

Além de contribuir com o meio ambiente, a reciclagem é um caminho que gera empregos. Só os catadores somam entre 800 mil a 1 milhão de profissionais, além de uma indústria ainda informal que conta com 40 mil coletoras organizadas de sucata e 700 cooperativas. “Todos esses fatores fazem da reciclagem do vidro uma prática muito interessante do ponto de vista ambiental e social”, finaliza o gerente administrativo da Vidronovo.

veja mais artigos

Sobre o Autor

Redação Reforma Fácil
Redação Reforma Fácil

Apresentar tudo que possa facilitar a vida de quem vai reformar, construir ou decorar, ajudando a tornar a empreitada bem sucedida com um grande volume de informações de projetos, produtos, serviços e obras.

Ver Mais Artigos
Escrever um comentário...

Nenhum Comentário

Seja o primeiro a comentar. Vamos adorar!

Você pode ser o primeiro a escrever um comentário .

Adicionar um comentário

Seus dados estarão seguro! O seu endereço de email não será publicado. Outros dados também não serão compartilhados com terceiros.
Todos os campos são obrigatórios.