Aprenda a fazer a rega do seu jardim no verão

Aprenda a fazer a rega do seu jardim no verão
fevereiro 08 11:30 2013 Imprimir Este artigo

Aprenda a fazer a rega do seu jardim no verão. Meio-dia, sol a pino. Hora em que o calor fica mais intenso.

Provocando inquietação, incômodo, sede. E, de repente, com a sede, vem a lembrança “tenho que molhar as plantas”.

Aprenda a fazer a rega do seu jardim no verão

Pois saiba que praticar a rega a essa hora do dia não ajuda em nada, de acordo com a paisagista Erly Hooper.

A profissional explica que um dos principais segredos para manter plantas e jardins saudáveis no verão é justamente irrigar na hora certa.

“Quando está muito quente, a planta para de puxar água. Então, quando você rega uma planta ao meio-dia, com o sol quente, a água simplesmente evapora.

O ideal é regar duas vezes ao dia, de manhã cedo e à noite. Sendo que à noite é a hora mais apropriada, já que a planta poderá aproveitar a água em toda a madrugada”, explica.

Aprenda a fazer a rega do seu jardim no verão

Aprenda a fazer a rega do seu jardim no verão. Jardim de apto Cobertura. (Foto Divulgação)

 

Aprenda a fazer a rega do seu jardim no verão

Aprenda a fazer a rega do seu jardim no verão. Jardim de casa. (Foto:Divulgação)

 

Outro problema para as plantas, típico dessa época do ano, são as torrenciais e cada vez mais frequentes chuvas de verão.

Se a falta de água é capaz de matar uma planta, seu excesso também.

“O excesso de água faz tão mal quanto à sua ausência, já que pode provocar o apodrecimento das raízes”, observa Erly.

Aprenda a fazer a rega do seu jardim no verão

Se atentando para o agravante de que não há como poupar as plantas expostas em terrenos naturais das tempestades.

“Nesse caso, o que vale é a medida preventiva de ter drenos adequados no jardim e cuidar para que eles não sejam entupidos pelas raízes das plantas”.

Além das mudanças bruscas no clima, o verão significa período de férias para muita gente.

Para quem viaja e tem planta em casa, há uma série de sugestões.

“A pessoa pode deixar o vaso num prato cheio de água com areia, ou colocar no vaso uma garrafa pet com gotejamento.

Outra opção é a água em gel, disponível no mercado, cujo recipiente deve ser enterrado no vaso”.

No entanto, para quem vai viajar por mais de uma semana ou tem o hábito de viajar sempre, a profissional é categórica.

“Nesse caso, é melhor deixar alguém responsável para cuidar das plantas.

Ou especificar espécies que não necessitam de rega constante, como yucas, espadas e zamioculca”, encerra.

  Tags desta publicação:
  Categorias:
veja mais artigos

Sobre o Autor

Laercio Pavanelli
Laercio Pavanelli

Ver Mais Artigos
Escrever um comentário...

Nenhum Comentário

Seja o primeiro a comentar. Vamos adorar!

Você pode ser o primeiro a escrever um comentário .

Adicionar um comentário

Seus dados estarão seguro! O seu endereço de email não será publicado. Outros dados também não serão compartilhados com terceiros.
Todos os campos são obrigatórios.